Vôlei

Funvic Educacoin Natal termina Mundial de Clubes na 4ª colocação

Gazeta
Gazeta Esportiva

11 de dezembro de 2021 - 19:58 - Atualizado em 11 de dezembro de 2021 - 21:15

O Funvic Educacoin Natal, atual campeão brasileiro, fechou sua participação no Mundial de Clubes com o quarto lugar. Neste sábado, na disputa pelo bronze, o time potiguar acabou sendo batido pelo Trentino Itas, da Itália, pelo placar de 3 a 0, com parciais de 18/25, 18/25 e 18/25.

Apesar de não conseguir a medalha, o saldo pode ser considerado positivo com um inédito e histórico quarto lugar do mundo para o voleibol nordestino e a certeza que os atletas puderam aprender muito enfrentando as principais equipes da atualidade.

“A gente poderia ter jogado melhor, mas o time sofreu com o grande número de contusões no grupo. De qualquer forma, foi bom estarmos aqui e enfrentarmos os maiores times do planeta na atualidade, direito que conquistamos ao vencer a última Superliga. Pudemos aprender bastante e certamente saímos fortalecidos”, destacou o líbero Thales. “Agora, vamos seguir trabalhando para evoluir nosso jogo e subir na tabela da Superliga”, completou.

A ausência de opções, em razão das contusões, fez com que o treinador João Marcondes tivesse muita dificuldade para variar o jogo diante dos adversários. Isso ficou evidente na partida pela medalha de bronze. Diante de um adversário de alto nível, que apresentou um volume de jogo muito forte e um perfeito trabalho no bloqueio, o time potiguar não conseguiu reverter a situação, perdendo em três sets.

Finalizada a participação no Mundial de Clubes, o Funvic Educacoin Natal volta suas atenções para a Superliga. Com quatro vitórias e quatro derrotas, ocupa a oitava colocação na classificação geral da primeira fase. O próximo desafio será em casa, no dia 15, no Ginásio Nélio Dias, em Natal, quando enfrentará o Apan Eleva/Blumenau. A partida terá início às 19h e terá transmissão ao vivo pelo Canal SporTV2.

O Funvic Educacoin Natal começou a partida com o levantador Murilo, Krauchuk, Pat, Yudi, Gabriel, Brito e o líbero Thales. Também entraram Fábio e Galo.