Balanço Geral Curitiba

Vereador de Almirante Tamandaré diz que professores podem cortar “mato” da escola

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

21 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 21 de fevereiro de 2019 - 00:00

Em nota, a prefeitura de Almirante Tamandaré informou que as roçadas de prédios públicos são feitas por equipe de funcionários municipais. Elas reiniciaram em Janeiro, priorizando as escolas municipais e cmeis (centros municipais de educação infantil). Apenas três unidades ainda não foram roçadas, mas estão programadas para ocorrerem ainda esta semana. O contrato citado pela reportagem é no valor de r$ 783,9 mil e contempla todo o município (e não os prédios públicos) – que tem uma área de 195,1 quilômetros quadrados fazendo limite com as cidades de Curitiba, Colombo, Rio Branco do Sul, Itaperuçu e Campo Magro.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.