Paraná no Ar

Edison Brites agrediu a mulher antes de matar o jogador

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

14 de novembro de 2018 - 00:00 - Atualizado em 14 de novembro de 2018 - 00:00

Nós tivemos acesso ao depoimento de uma nova testemunha que estava na casa onde o jogador Daniel foi assassinado. Evelyn Brisola disse que Edison Brites agrediu a mulher antes de matar o jogador. Ela também contou que o empresário mandou as as pessoas limparem a cena do crime. Ainda segundo a testemunha, uma parte do colchão do casal foi cortada e queimada junto com os documentos de Daniel.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.