Cidade Alerta Maringá

Maníaco da Torre terá julgamento em Maringá

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

15 de março de 2019 - 00:00 - Atualizado em 15 de março de 2019 - 00:00

Essa é a primeira aparição de Roneys Fon, desde que foi preso em 2015, quando a polícia conseguiu desvendar o caso. O ex-vendedor autônomo, de 43 anos, é réu confesso de uma série de homicídios. Segundo a polícia, ele percorria os pontos de prostituição da cidade em busca de garotas de programa, se dirigia a um ponto isolado e cometia o crime após manter relações sexuais com as vítimas. Os corpos eram quase sempre abandonados próximos a torres de transmissão de energia, na saída de Maringá para Iguaraçu.