Balanço Geral Oeste

Justiça determina quebra de sigilo telefônico de ex-assessor preso

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

25 de agosto de 2020 - 16:50 - Atualizado em 24 de setembro de 2020 - 16:15

O homem que trabalhou por 3 anos e 7 meses nomeado no gabinete do vereador Parra havia saído da Câmara de Vereadores no início deste mês. O Gaeco e a Polícia Civil foram informados por um familiar de uma paciente alegando que o homem teria feito a cobrança para providenciar a cirurgia. O ex-servidor público procurou a vítima informando que poderia adiantar a cirurgia dela mediante o pagamento de R$ 2 mil que seria direcionado a um anestesista. Confira todos os detalhes na reportagem!

Ative o sininho para receber novidades e acompanhe as principais notícias.

Essa e outras reportagens em: https://ricmais.com.br/

#Paraná #BGOeste #RICMais

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.