Tecnologia

Startup desenvolve aplicativo para o Parque Nacional do Iguaçu

Enquanto passeia, o turista recebe informações e curiosidades que o ajudarão a conhecer mais os atrativos do local

Startup desenvolve aplicativo para o Parque Nacional do Iguaçu
Foto: Fubá Ambiental

8 de março de 2022 - 16:56 - Atualizado em 8 de março de 2022 - 16:56

A Fubá Educação Ambiental, startup incubada no Parque Tecnológico Itaipu – Brasil (PTI-BR), lançou o aplicativo “Bora Parque Nacional do Iguaçu”, personalizado para cada espaço de visitação e ecoturismo do Parque Nacional do Iguaçu.

Enquanto passeia, o turista recebe informações e curiosidades que o ajudarão a conhecer mais os atrativos do Parque Nacional do Iguaçu e sua biodiversidade. O aplicativo também serve como um guia pessoal em trilhas, áreas protegidas, zoológicos, aquários, parques urbanos, praças e museus sem precisar de conexão com a internet.

De acordo com Mayla Valenti, doutora em Ciências e co-fundadora da Fubá Educação Ambiental, o BoRa foi criado para ampliar o acesso à educação ambiental em espaços de visitação, turismo, cultura e lazer.

“O aplicativo tem uma linguagem simples e direta, possui localização por GPS e todo o conteúdo pode ser visto offline. Ele também foi estruturado com base em gamificação, tornando a experiência mais lúdica e atrativa. Além disso, todo o conteúdo foi pensado para ter acessibilidade: desenho universal, utilizando linguagem coloquial, contrastando cores; fontes de fácil leitura e imagens intuitivas. Os recursos de acessibilidade também incluem audiodescrição das imagens e vídeos com tradução em Libras”,

explica Mayla.

O app está disponível para Android na Play Store.