Tecnologia

Bolsonaro cria programa para ofertar serviço de banda larga na Amazônia

O Programa Amazônia Integrada e Sustentável tem por objetivo implantar uma rede de transporte de fibra óptica de alta capacidade ao longo dos rios da região amazônica

Reuters
Reuters
Bolsonaro cria programa para ofertar serviço de banda larga na Amazônia
REUTERS/Adriano Machado

17 de setembro de 2021 - 20:35 - Atualizado em 17 de setembro de 2021 - 21:07

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro editou um decreto que cria um programa com o objetivo de oferecer serviços de banda larga de boa qualidade à população da região amazônica, um atendimento a exigências que haviam sido formuladas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e na iminência de ser publicado o edital para o leilão do 5G.

O Programa Amazônia Integrada e Sustentável (Pais), segundo a Secretaria-Geral da Presidência, tem por objetivo implantar uma rede de transporte de fibra óptica de alta capacidade ao longo dos rios da região amazônica e de redes metropolitanas nos municípios conectados à rede de transporte.

Segundo o governo, as redes implantadas vão permitir a conexão de estabelecimentos públicos, como instituições de ensino, unidades de saúde, hospitais, bibliotecas, instituições de segurança pública e tribunais.

(Reportagem de Ricardo Brito)