Serviços

Justiça autoriza uso de força policial para garantir que, no mínimo, 70% dos ônibus circulem em Maringá

Para garantir o cumprimento da decisão judicial, um oficial de justiça irá verificar o comportamento dos motoristas grevistas

Gabriel
Gabriel Trevisan
Justiça autoriza uso de força policial para garantir que, no mínimo, 70% dos ônibus circulem em Maringá
Foto: Redes sociais

18 de setembro de 2020 - 18:45 - Atualizado em 18 de setembro de 2020 - 18:45

O desembargador e vice-presidente do Tribunal de Regional do Trabalho (TRT) do Paraná determinou nesta sexta-feira (18) que se necessário, convoque a força policial para garantir a circulação de, no mínimo, 70% da frota das linhas urbanas e metropolitanas de Maringá.

Sem acordo na audiência de conciliação de hoje, os ônibus chegaram a ficar 100% paralisados na manhã desta sexta-feira, prejudicando muitas pessoas que necessitam do transporte público.

Para garantir o cumprimento da decisão judicial, um oficial de justiça irá verificar às 4 horas deste sábado (19) e no mesmo horário na manhã da segunda-feira (21) para ver se os motoristas grevistas estão permitindo que ao menos 70% dos ônibus estejam circulando em Maringá.