Serviços

Após repercussão negativa, governo suspende aumento da tarifa de água

Suspensão do aumento da tarifa de água veio pela percepção de que iria prejudicar orçamento de famílias que estão sendo afetadas pelo coronavírus.

Lucas
Lucas Sarzi
Após repercussão negativa, governo suspende aumento da tarifa de água
Foto: Ilustrativa

26 de agosto de 2020 - 19:49 - Atualizado em 26 de agosto de 2020 - 19:49

O governo do Paraná pediu a suspensão do aumento da tarifa de água e esgoto, que subiria quase 10%. O aumento, de 9,62%, tinha sido autorizado pela Agência Reguladora do Paraná (Agepar) e foi anunciado nesta terça-feira (25) e teve repercussão negativa, principalmente por acontecer em meio à pandemia do coronavírus.

Com isso, conforme informou o governo do Paraná, o aumento não vai mais valer a partir de novembro. Esse mesmo pedido, para que não houvesse o aumento, já tinha sido comentado entre deputados nesta quarta-feira (26).  Na Assembleia Legislativa do Paraná, o líder do governo, Hussein Bakri (PSD), deixou claro que os deputados da bancada eram contra o aumento.

Conforme o governo do Paraná, o requerimento para suspender o aumento vai ser encaminhado ao órgão regulador pela Procuradoria-Geral. “Sustentará que o reajuste compromete ainda mais o orçamento doméstico de grande parte da população, que já convive com a queda de renda em razão dos efeitos adversos da pandemia do novo coronavírus, sobre o mercado de trabalho e também por causa da calamidade hídrica”, destacou a nota do governo do Paraná.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.