Serviços

Saiba como destinar parte do imposto de renda para projetos sociais

A contribuição não gera encargo e pode ser abatida na declaração que deverá ser apresentada à Receita Federal no ano seguinte à contribuição

Daniela
Daniela Borsuk com Prefeitura de Curitiba
Saiba como destinar parte do imposto de renda para projetos sociais
(Foto: Ilustração/ Pixabay)

9 de abril de 2021 - 12:09 - Atualizado em 9 de abril de 2021 - 12:09

Quem precisa fazer a declaração do Imposto de Renda de pessoa física pode aproveitar a oportunidade e fazer uma boa ação, destinando parte do imposto devido para projetos sociais que atendam crianças, adolescentes e idosos de Curitiba. A contribuição não gera encargo e pode ser abatida na declaração que deverá ser apresentada à Receita Federal no ano seguinte à contribuição. 

Com a destinação, os recursos que antes iriam para o governo federal são encaminhados para o Fundo Municipal para a Criança e o Adolescente (FMCA) e para o Fundo Municipal da Pessoa Idosa (FMPI). Em caixa, esses recursos são usados para custear projetos desenvolvidos por instituições ou pelo município que buscam a garantia de direitos destes públicos.

Para incentivar a população a contribuir, os Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comtiba) e da Pessoa Idosa (CMDPI), em conjunto com a Fundação de Ação Social (FAS) e a Prefeitura de Curitiba lançaram duas campanhas. Os materiais podem ser visto até abril nos pontos de ônibus e também nas redes sociais, rádios, painéis digitais, televisões instaladas nos ônibus e terminais. Também haverá a distribuição de materiais impressos.

Contribuição

Pessoas físicas que optarem pelo formulário completo podem destinar até 3% do imposto devido até o dia 30 de abril. Empresas também podem destinar, mas o percentual é de 1% do lucro real.

As destinações são realizadas diretamente no programa disponibilizado pela Receita Federal para a entrega do imposto, mas também podem ser feitas nos sites próprios das campanhas.

(Arte: Prefeitura de Curitiba)

Quem optar em destinar parte do imposto devido para projetos sociais que atendem crianças e adolescentes tem ainda a opção de fazer a destinação durante o ano todo pelo site, clicando aqui. Para projetos voltados para pessoas idosas a destinação também pode ser feita pelo site, clicando aqui.

(Arte: Prefeitura de Curitiba)

Nos dois sites, os contribuintes encontram o passo a passo para fazer a contribuição.

Controle

Todas as arrecadações são administradas pelo Comtiba e pelo CMDPI, responsáveis ainda por analisar projetos e definir onde serão investidos os valores recebidos dos contribuintes.

Para a presidente do Comtiba, Zeila Plath Oliveira da Silva, a participação da população é muito importante.

“Essa ação pode ajudar muitas crianças e adolescentes, visto que o FMCA é uma fonte de recursos importante para o desenvolvimento de programa e projetos voltados a essa população do município”.

diz.