Serviços

Motoristas do transporte coletivo de Maringá promovem paralisação por falta de salário

Somente os ônibus da região metropolitana estão operando

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações do repórter Fábio Guillen da RIC Record TV
Motoristas do transporte coletivo de Maringá promovem paralisação por falta de salário
(FOTO: FABIO GUILLEN/ RIC RECORD TV)

8 de abril de 2021 - 07:30 - Atualizado em 8 de abril de 2021 - 07:42

A cidade de Maringá, no norte do Paraná, amanheceu mais uma vez sem transporte coletivo. Nesta quinta-feira (8), os motoristas e funcionários alegaram falta do pagamento de salário e não tiraram os veículos da garagem. Esta é a segunda paralisação somente neste ano. A última foi há 60 dias e deixou os moradores sem ônibus por 10 dias.

Na tarde desta quarta-feira (7), os funcionários da empresa do transporte coletivo tiveram uma reunião e caso o salário não estivesse na conta, haveria a paralisação. Nesta manhã, com a resposta que a empresa não tem dinheiro, o transporte foi paralisado.

Para impedir a saída de veículos da garagem, os motoristas estacionaram um ônibus em frente ao portão do local. Mesmo sem operar, funcionários estiveram no local e aguardam por um posicionamento da direção.

 A expectativa é de uma assembleia ainda nesta tarde.

Posicionamento da empresa

O departamento jurídico da empresa Transporte Coletivo Cidade Canção (TCCC), que administra os ônibus da cidade, informou a equipe da RIC Record TV que não possuem recursos para pagar salários no momento.

Segundo a empresa, a expectativa é que até o final de semana o dinheiro esteja a disposição dos trabalhadores. Ainda segundo o jurídico, a pandemia reduziu consideravelmente o número de passageiros e, consequentemente, a receita.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.