Serviços

Matrículas em centros esportivos gratuitos de Curitiba podem ser feitas pela internet

Com o objetivo de estimular a prática de esportes, facilitar o acesso e desenvolver novas políticas públicas, a capital paranaense lança o Portal Curitiba em Movimento

Caroline
Caroline Maltaca / Estagiária com supervisão de Caroline Berticelli
Matrículas em centros esportivos gratuitos de Curitiba podem ser feitas pela internet
Foto: Divulgação/SMELJ

29 de julho de 2021 - 17:30 - Atualizado em 29 de julho de 2021 - 20:04

A Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) lançou recentemente um novo sistema que permite a população curitibana realizar o processo de matrícula em centros esportivos gratuitos da capital. Com o objetivo de facilitar o acesso de quem tem interesse em praticar atividades físicas, esportivas e de lazer, o Portal Curitiba em Movimento traz o estimulo que faltava à aqueles que querem começar práticas mais saudáveis.

A nova ferramenta que contou com o desenvolvimento do Instituto das Cidades Inteligentes (ICI), oferece aos interessados a possibilidade de fazer o cadastro de forma on-line, pelo sistema E-Cidadão, oficial da Prefeitura de Curitiba.

Modo de funcionamento

Até o momento, 53 modalidades esportivas são oferecidas gratuitamente. De acordo com a proposta, quando abrir uma vaga em uma das atividades, a pessoa que se cadastrou será informada por e-mail. Além disso, caso uma pessoa matriculada tenha duas faltas não justificadas, o sistema libera, automaticamente, essa vaga para um novo interessado. Quando o cadastro for finalizado e a vaga estiver disponível, será agendada uma avaliação física no centro esportivo em que a aula será feita. 

O portal também disponibiliza um mapa de Curitiba que mostra os 36 endereços dos centros esportivos da prefeitura e onde ficam as 225 academias ao ar livre e as quadras esportivas da cidade.

Acessibilidade

Para facilitar o acesso a idosos, o sistema pode ser acessado em qualquer aparelho, como computador, celular e tablet. No portal, há também um espaço de interação com os profissionais da secretaria, que podem responder dúvidas.

Os alunos que já estavam matriculados antes da pandemia, quando as práticas esportivas foram suspensas, estão com as vagas garantidas nos mesmos horários e datas que já realizavam as atividades.

Modernidade

De acordo com a Secretaria, por meio dessa nova ferramenta, o município terá relatórios das atividades de todos os alunos e essas informações devem ser úteis para o desenvolvimento de novas políticas públicas.

“Essa modernização no sistema de matrículas representa uma nova era para a Smelj, na qual todo o processo de controle de alunos, como frequências, atestados médicos e o processo de inscrições em atividades ofertadas, serão realizados via plataforma, trazendo muitas facilidades e transparência”, garante Mariane Ramalho,

coordenadora do projeto no ICI.