Serviços

Imposto de renda: Entregar antes ou deixar para a última hora?

São muitos os brasileiros que deixarão para a última hora a entrega da declaração

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da Assessoria de Imprensa
Imposto de renda: Entregar antes ou deixar para a última hora?
(FOTO: MARCELLO CASAL JR/ AGÊNCIA BRASIL)

16 de fevereiro de 2021 - 10:59 - Atualizado em 16 de fevereiro de 2021 - 11:01

Esse ano ainda não se tem muita informação sobre o prazo de entrega da declaração de Imposto de Renda Pessoa Física – IRPF 2021 e nem mesmo se ocorrerão grandes mudanças, lembrando que o prazo normalmente se inicia em 1º de março, mas no ano passado, em função da pandemia esse foi adiado.

Contudo, uma coisa já pode afirmar, serão muitos os brasileiros que deixarão para a última hora a entrega desse documento, e o Governo Federal sempre afirma que é interessante entregar nos primeiros dias. Contudo, será que sempre será benéfico ser um dos primeiros a entregar esse documento?

A recomendação é preparar a declaração com bastante antecedência, já a entrega dependerá de cada caso. A partir da declaração pronta chega um momento de análise da melhor data de entrega.

“Os contribuintes confundem elaborar a declaração de IRPF 2021 com a entrega do documento. É importante que se saiba que pode estar com o documento totalmente preparado e mesmo assim planejar a melhor data de entrega, que dependerá de variáveis como: situação financeira do contribuinte, se vai ter restituição ou se terá que pagar impostos ao governo, dentro outras questões”

Afirmou o diretor tributário da Confirp Consultoria Contábil Richard Domingos

Contudo, Richard Domingos reforça um alerta:

“pode ser interessante planejar o prazo de entrega e não a elaboração do documento. O ideal é já ter a declaração preparada o quanto antes, caso o contrário poderá enfrentar diversos problemas, como falta de documentos ou falta de tempo de análise de opções”

alertou Richard Domingos

Outro ponto que deve ser levado em consideração é a possibilidade de congestionamento no sistema nas últimas horas de entrega. Por mais que a Receita Federal veja se aprimorando, não se deve confiar totalmente, assim, mesmo que deixe para os últimos dias, não deixe para o limite do prazo.

O diretor da Confirp detalhou quando é vantajoso entregar rapidamente a declaração de IRPF 2021 e quando é interessante deixar para a última hora:

Vantagens de entregar antes

• Contribuintes que possuem Imposto a Restituir e estão necessitando de recursos financeiros receberão logo nos primeiros lotes;

• Se livra do compromisso e do risco de perda do prazo;

• Possuir mais tempo para ajustes da declaração e para buscar documentos perdidos ou extraviados;

• Possuir mais tempo para conferir a declaração para entrega dos documentos sem omissões ou erros.

Vantagem em entregar nos últimos dias

• Contribuintes que possuem Imposto a Restituir e não estão necessitando de recursos financeiros, poderão restituir nos últimos lotes gerando uma correção monetária muito maior que a maioria das aplicações financeiras pagariam (Juros Selic), e detalhe, sem incidência de imposto de renda sobre o rendimento obtido;

• Quem tem que pagar novos valores de impostos terá como melhor planejar o caixa para esse pagamento, pois postergará o prazo.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.