Serviços

Funcionários da Caixa em greve: veja como está o atendimento no Paraná

A Justiça determinou que 60% dos empregados bancários da Caixa e suas subsidiárias devem manter as atividades mesmo durante a greve

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Funcionários da Caixa em greve: veja como está o atendimento no Paraná
(Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil)

27 de abril de 2021 - 11:56 - Atualizado em 27 de abril de 2021 - 12:20

Os funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF) anunciaram uma paralisação das atividades nas agências bancárias de todo o país. A greve nacional está prevista para acontecer durante 24 horas, a partir desta terça-feira (27).

De acordo com o Sindicato dos Bancários de São Paulo, a categoria protesta contra a abertura de capital da Caixa Seguridade; pede pela contratação dos aprovados em concurso público em 2014 para reforçar o quadro dos trabalhadores; por mais medidas de proteção contra a covid-19, inclusive a inclusão dos funcionários da linha de frente do atendimento ao público como prioridade na vacinação; e pelo pagamento integral da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) Social.

Apesar da orientação nacional do sindicato, muitas agências bancárias estão funcionando parcialmente nesta terça-feira (27), após uma decisão liminar do Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinar um pedido de tutela provisória antecedente preparatória de dissídio coletivo de greve.

Com a judicialização do conflito trabalhista, devem ser mantidos, em serviço, 60% dos empregados bancários da Caixa e suas subsidiárias em atividade, de forma remota ou presencial, conforme a decisão do TST.

Em publicação em seu site oficial, a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro da CUT (Contraf-CUT) informou que acata a determinação e pede que a direção da Caixa respeite o “percentual de 40% dos seus trabalhadores bancários que têm o direito constitucional de paralisar suas atividades”.

Curitiba

Conforme o Sindicato dos Bancários e Financiários de Curitiba e Região, os funcionários devem cumprir com a determinação da Justiça, com paralisação parcial dos trabalhadores. Por isso, as atividades nas agências da capital podem ser afetadas. Estão funcionando normalmente os serviços bancários realizados pela internet, em especial para os beneficiários do auxílio emergencial.

Londrina

Na madrugada de segunda (26) para terça-feira (27), a Caixa conseguiu uma liminar oficial para que as agências funcionem com 60% dos funcionários, mesmo com a paralisação. Devido aos afastamentos por home office e atestados de saúde já totalizarem o número exigido, o expediente das agências da Caixa de Londrina está ocorrendo de forma normal.

O Sindicato dos Bancários de Londrina e região confirma o estado de greve. Eles aguardam um acordo e, caso não recebam uma notícia, o sindicato irá ao Tribunal de Justiça.

Maringá

Em Maringá e região, as agências bancárias da Caixa Econômica estão funcionando normalmente. Conforme o sindicato, por enquanto, os funcionários não estão participando da mobilização nacional.

Oeste

Segundo o presidente dos bancários de Cascavel, Gladir Basso, na capital do Oeste os funcionários estão trabalhando normalmente e as agências estão abertas. O sindicato, em acordo com os trabalhadores, acredita que esse não é um momento adequado para a paralisação das atividades.

No entanto, cada mobilização é discutida individualmente, e caso sejam pautadas novas manifestações elas serão analisadas.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.