Serviços

Curitiba terá duas novas feiras e abre vagas para 40 bancas

Há opções de bancas de hortifrútis, frios, pescados, biscoitos/balas e alimentos prontos para consumo como pastel e doces; acesse o edital abaixo

 

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com Prefeitura de Curitiba
Curitiba terá duas novas feiras e abre vagas para 40 bancas
Foto: Levy Ferreira/SMCS

9 de abril de 2021 - 15:24 - Atualizado em 9 de abril de 2021 - 15:27

A cidade de Curitiba irá inaugurar duas novas feiras de rua até o fim de junho. Segundo a Prefeitura Municipal, ainda em abril será inaugurada a Feira Noturna do Lindóia, que irá ocorrer nas sextas-feiras, e dentro de três meses, será aberta a Feira Noturna do Jardim das Américas, às quintas. Os dois pontos irão funcionar das 16h às 21h, com bancas e trailers de hortifrutigranjeiros, pescados, frios e comidinhas prontas para consumo.

Para ocupar as novas feiras e também vagas em outros seis pontos de Curitiba, a Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN) abriu um chamamento público para pessoas físicas e jurídicas interessadas em comercializar alimentos frescos e outros produtos em feiras da Prefeitura. O edital também vai credenciar interessados em ocupar futuras vagas que serão abertas em outras feiras da capital.

Com a inauguração das duas novas feiras, Curitiba contará com 91 pontos espalhados por toda a capital.

Vagas para feiras

Estão sendo abertas 40 vagas, dez para feirantes do novo ponto no Lindoia e nove para o Jardim das Américas. As demais são para a Feira Livre Santa Amélia, no Fazendinha (três vagas); Feira Livre do Boa Vista (duas vagas); Feira Livre do Bairro Alto (uma vaga); Feira Livre Vila São Pedro, no Xaxim (três vagas); Nossa Feira Campina do Siqueira (quatro vagas) e Feira Noturna do Sítio Cercado (oito vagas).

Há opções de bancas de hortifrútis, frios, pescados, biscoitos/balas e alimentos prontos para consumo como pastel e doces.

Segundo a prefeitura, serão considerados aptos para ocupar as vagas os interessados que apresentem certificado do curso de boas práticas de manipulação de alimentos e licença sanitária caso comercialize alimentos processados. Também serão exigidos outros documentos como certidões negativas de débitos com tributos municipais, estaduais e federais.

Devido à pandemia, as inscrições e o envio da documentação só podem ser feitos on-line para o Escritório de Processos do Instituto Municipal de Administração Pública (Imap).

Clique aqui para acessar o edital.