Serviços

Centro de Curitiba tem obras de substituição de tubulação da rede de esgoto

Tubulação no Centro é antiga, feita de material cerâmico, que com o tempo vai ficando poroso e pode poluir rios da cidade.

Giselle
Giselle Ulbrich com informações da Prefeitura de Curitiba
Centro de Curitiba tem obras de substituição de tubulação da rede de esgoto
Obra da Sanepar na rua XV de Novembro, esquina com a rua Ébano Pereira - Centro. Curitiba, 08/04/2021. Foto: Hully Paiva/SMCS

11 de abril de 2021 - 14:49 - Atualizado em 11 de abril de 2021 - 14:49

Parte do calçadão da Rua XV de Novembro, entre o Bondinho e a Rua Dr. Muricy, passa por obras de substituição de tubulação do sistema de esgotamento sanitário. O trabalho, que deve seguir até a próxima semana, está incluído no projeto de revitalização do sistema da Bacia do Rio Belém, que engloba toda a área central.

A obra prevê a troca de 8,3 quilômetros de tubulação de esgoto, com investimento de R$ 4,1 milhões e a ligação de 688 imóveis.

“É um trabalho que faz parte do nosso novo contrato com a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) e atende às metas do Plano Municipal de Saneamento Básico”, lembra o prefeito de Curitiba, Rafael Greca. 

A troca é necessária porque a tubulação antiga é feita de cerâmica, os tubos ficam porosos, o que causa mau cheiro e, ainda, o risco de que o esgotamento caia na rede pluvial e polua os rios da cidade.

“Temos de manter o nosso título de capital mais saneada do país, o que se traduz em qualidade de vida e saúde para a população”, reforça o prefeito.

A previsão é de que essa troca seja concluída em março de 2022. Já foram assentados 2,5 km de rede.

A obra começou na região da Rua Professor Fernando Moreira/Rua Visconde de Nacar. A nova tubulação passa pelas regiões das ruas Carlos de Carvalho, Luiz Xavier, Saldanha Marinho, Augusto Stellfeld, Clotário Portugal, Ébano Pereira e Dr. Muricy.

Menos transtorno

De acordo com a Sanepar, na maior parte do trecho, a tubulação nova está sendo instalada com método não-destrutivo de travessia subterrânea – perfuração para a entrada dos tubos sem precisar abrir grandes valas, causando menos transtornos para a passagem de pedestres e carros. Quem passa pela região, no entanto, deve ficar atento à movimentação de equipamentos e operários. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.