Serviços

Armazém da Família Curitiba: saiba como se cadastrar e comprar

Para ter acesso ao programa Armazém da Família, a pessoa em vulnerabilidade precisa residir em Curitiba e região e ter mais de 18 anos de idade

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora em parceria com Luana Fogaça
Armazém da Família Curitiba: saiba como se cadastrar e comprar
Foto: Pedro Ribas/SMCS

10 de junho de 2020 - 08:02 - Atualizado em 17 de agosto de 2020 - 12:20

Resumo da matéria

  • Para realizar o cadastro online no Armazém da Família é preciso ser residente em Curitiba ou região metropolitana conveniada e ter mais de 18 anos de idade. São 34 unidades no programa, com vendas de produtos de gêneros alimentícios, higiene e de limpeza, com preços em média 30% mais baratos. Ao todo, os Armazéns da Família de Curitiba já beneficiam 260 mil famílias com renda total de até cinco salários mínimos.

A partir dessa quarta-feira (10), indivíduos em vulnerabilidade social por conta da pandemia causada pelo coronavírus vão poder comprar nas unidades do Armazém da Família, em Curitiba.

De acordo com a Prefeitura de Curitiba, ao chegar em uma das 34 unidades do Armazém da Família em Curitiba os novos beneficiados vão ter que preencher e assinar uma autodeclaração informando que estão em vulnerabilidade social.

Armazém da Família Curitiba: cadastro online

A Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN) já disponibilizou no site do cadastro online dos Armazéns da Família um modelo de autodeclaração.

Para fazer o cadastro no Armazém da Família pela internet, o documento online poderá ser impresso ou escrito em próprio punho e assinado (clique aqui para o link).

Para ter acesso ao programa, a pessoa em vulnerabilidade precisa residir em Curitiba. Confira o passo a passo de como se cadastrar!

Foto: Daniel Castellano/SMCS

Como está funcionando o programa

Nas 34 unidades são vendidos gêneros alimentícios, produtos de higiene e de limpeza com preços em média 30% mais baratos.

Ao todo, os Armazéns da Família de Curitiba já beneficiam 260 mil famílias com renda total de até cinco salários mínimos (R$ 5.250). 

As unidades funcionam das 8h45 às 17h15, de terça a sexta-feira, e das 8h30 às 13h aos sábados.

Por fim, todas as unidades seguem as determinações do decreto municipal sobre o combate ao novo coronavírus.

No local, os clientes tem à disposição álcool gel 70%, além de cartazes espalhados orientando sobre os cuidados na higienização.

Quem tem direito ao Armazém da Família e como renovar o cartão pela internet

De acordo com a Prefeitura Municipal de Curitiba, o programa é destinado à famílias com renda bruta mensal de até cinco salários-mínimos (referência nacional), o interessado dever ser maior de 18 anos.

É preciso ser residente em Curitiba e em alguns municípios conveniados da Região Metropolitana, além de entidades sociais curitibanas.

Para realizar a renovação no Armazém da Família, você precisará de alguns dados pessoais, que são informações básicas sobre o titular da conta.

Em seguida, basta você logar no site ou aplicativo usando o seu e-mail ou CPF e a senha criada durante o cadastramento. Dentro do site você poderá fazer todo o processo de maneira simples.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.