Violência contra criança

Porteiro suspeito de estuprar criança de 7 anos dentro de escola é preso no interior do PR

Ele foi encontrado em um distrito na divisa com o estado de São Paulo

Renan
Renan Vallim / Repórter
Porteiro suspeito de estuprar criança de 7 anos dentro de escola é preso no interior do PR
Homem foi levado para a delegacia de Maringá | Foto: Reprodução/Evandro Mandadori/RICtv

8 de junho de 2022 - 10:07 - Atualizado em 8 de junho de 2022 - 10:07

O porteiro de uma escola da cidade de Munhoz de Melo e principal suspeito de ter estuprado um menino de 7 anos dentro do estabelecimento foi preso pela Polícia Civil na tarde desta terça-feira (7). Ele foi encontrado em um distrito na divisa com o estado de São Paulo.

O homem, de 25 anos, estava na casa de amigos, no distrito de Imbiaçaba, pertencente ao município de Santa Inês, noroeste do Paraná. Após conversa com o suspeito, os donos da casa conseguiram convencer o rapaz a se entregar e então a polícia foi avisada da localização dele.

Segundo os policiais, o suspeito já estava esperando a equipe policial na frente da residência. Um mandado de prisão já havia sido expedido contra ele, que era considerado foragido.

O crime

De acordo com a Polícia Civil, o estupro teria ocorrido durante uma queda de energia, no início de junho. O ato teria ocorrido no banheiro da escola, cometido pelo porteiro do estabelecimento.

Os pais da criança perceberam o abuso quando o menino chegou em casa e acionaram a Polícia Civil, que investiga o caso, com apoio do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria) de Maringá.

O Conselho Tutelar de Munhoz de Melo confirma que o menino apresenta sinais de abuso.