Violência contra criança

Homem é condenado e preso por abusar sexualmente da enteada, em Londrina

Criança tinha 3 anos quando foi abusada; quem denunciou o crime foi o pai da vítima, que descobriu os abusos

Valeska
Valeska Macedo / estagiária com supervisão de Giselle Ulbrich
Homem é condenado e preso por abusar sexualmente da enteada, em Londrina
Foto: PCPR

1 de julho de 2022 - 19:56 - Atualizado em 1 de julho de 2022 - 19:56

Um homem de 42 anos foi preso por estupro de vulnerável, na manhã desta sexta-feira (1°) em Londrina, região norte do Paraná. O acusado, que era padrasto da criança de 3 anos abusada, foi denunciado pelo pai da vítima.

O crime ocorreu em 2010, quando a menina tinha 3 anos. Na época, o pai da criança foi à Delegacia da Mulher e denunciou o abusador. No relato, ele afirmou que o padrasto de sua filha teria “mexido com ela”, introduzindo o dedo em sua vagina.

O suspeito respondeu todo o inquérito e o processo judicial em liberdade. Mas, no dia 22 de junho, o acusado foi condenado pela Justiça a 14 anos e 6 meses de prisão pelo estupro de vulnerável. Para dar cumprimento ao mandado de sentença condenatória, os investigadores da Delegacia da Mulher de Londrina localizaram o acusado, nesta sexta-feira (01), e o prenderam.

O condenado foi encaminhado ao Departamento de Polícia Penal (DEPPEN), para cumprir a pena em regime fechado.