Violência contra a Mulher

Vereador suspeito de agressão contra mulheres em Arapongas é solto da cadeia

“Partor do Mercado” é investigado por agredir pelo menos três mulheres na cidade, entre elas uma idosa de 62 anos, que precisou até de cirurgia

Giselle
Giselle Ulbrich / Editora
Vereador suspeito de agressão contra mulheres em Arapongas é solto da cadeia
(Foto: Reprodução/Redes sociais)

3 de julho de 2022 - 19:48 - Atualizado em 3 de julho de 2022 - 19:48

Paulo César de Araújo, o “Pastor do Mercado” (DEM), ex-vereador de Arapongas, no norte do Paraná, deixou a cadeia neste sábado (02). Ele estava preso na Penitenciária Estadual de Londrina (PEL II), em Londrina, desde o dia 31 de janeiro, acusado de agredir pelo menos três mulheres na cidade.

O advogado do suspeito, Sergio Barroso, disse que a juíza da Primeira Vara Criminal de Arapongas acatou o pedido de liberdade provisória na sexta-feira (01). O alvará de soltura foi cumprido no sábado (02) e Paulo irá responder em liberdade. O advogado ainda afirmou que irá provar a inocência do ex-parlamentar.

Até mulher idosa

“Partor do Mercado” é investigado por agredir pelo menos três mulheres na cidade. Uma delas é uma idosa de 62 anos, que teve lesões no braço e precisou passar por cirurgia. Detalhes das agressões e das vítimas não têm sido divulgados, já que o caso corre em segredo de Justiça.

No dia 1º de fevereiro, a Câmara Municipal de Arapongas abriu uma comissão processante para investigar a conduta do vereador. Na sessão do dia 2 de maio foi apresentado o relatório da comissão em plenário. Os vereadores fizeram uma votação e, dos 15 votantes, 13 foram favoráveis à cassação de “Pastor do Mercado”. um foi contra e um se absteve.