Violência contra a Mulher

Homem é suspeito de estuprar filha por 16 anos e ser pai do próprio neto

A investigação mostrou que a vítima teria sofrido abusos sexuais dos 8 aos 24 anos de idade

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Homem é suspeito de estuprar filha por 16 anos e ser pai do próprio neto
(Foto: Arquivo/Agência Brasil)

27 de maio de 2022 - 10:06 - Atualizado em 27 de maio de 2022 - 10:06

A Polícia Civil concluiu o inquérito sobre uma denúncia de abuso sexual na cidade de Borrazópolis, no norte do Paraná. O investigado é um homem que teria estuprado a própria filha até os 24 anos da vítima.

De acordo com o delegado de Faxinal responsável pelo caso, Ricardo Mendes, o homem é suspeito de ter começado os estupros enquanto a filha ainda era criança, com 8 anos. Aos 18, ela engravidou. O neto, que hoje em dia tem seis anos, seria filho do próprio avô.

Mendes encaminhou o caso ao Ministério Público para as determinações. Em março deste ano, o suspeito chegou a ser preso, mas foi liberado em seguida. Ele se recusou a ceder material genético para comprovar a paternidade do neto.

Foram coletadas provas na casa do homem para análises e investigações. Parte da família se recusou a depor.

O TN Online trouxe a informação de que a criança teria sido registrada no nome de um primo da vítima a pedido do tio, investigado por abuso sexual.