Segurança

Vídeo registra agressões antes da morte de estudante em Apucarana

No registro feito na noite desta terça-feira (21), diversos jovens acompanham a troca de socos e chutes

Bruna
Bruna Melo / Repórter
Vídeo registra agressões antes da morte de estudante em Apucarana
(Foto: Reprodução)

22 de junho de 2022 - 12:20 - Atualizado em 22 de junho de 2022 - 12:40

Circula nas redes sociais uma gravação da briga entre estudantes que acabou com a morte de um adolescente de 13 anos, em Apucarana, no norte do Paraná. Nas imagens, é possível observar a vítima trocando agressões com outro rapaz, enquanto testemunhas dizem “arrebenta”. O caso foi registrado na noite desta terça-feira (21).

O jovem era matriculado no Colégio Padre José Canale e foi agredido na Rua Emiliano Perneta, dois quarteirões de distância, conforme o diretor da instituição. A motivação ainda não foi divulgada pela Polícia Civil, que investiga o caso.

Assista:

No vídeo, a troca de socos e chutes é acompanhada por diversos menores de idade. Entretanto, de acordo com a Polícia Militar (PM), seis adolescentes estão envolvidos nas agressões: quatro de 15 anos, um de 14 e outro de 12.

Três deles foram encaminhados para a delegacia acompanhados dos responsáveis. Em nota, a Secretaria da Educação e do Esporte (SEED) afirmou que “entre os agressores estariam alunos que frequentam o colégio e um estudante de outra instituição”.

A PM encontrou o menino caído no chão com uma pessoa sobre o seu corpo fazendo massagem cardíaca, tentando reanimá-lo.

Alekson Ricardo Kongeski foi socorrido pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital da Providência. Ele não resistiu aos ferimentos e o corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML).

A causa da morte não foi divulgada até o fechamento desta matéria.

A PM emitiu nota sobre o atendimento da Patrulha escolar e afirmou que “as equipes permanecem em diligências para esclarecer todas as circunstâncias do fato e buscar a responsabilização dos envolvidos”.

A Cidade de Apucarana conta com equipe de atendimento exclusivo de Patrulha Escolar, que atua no atendimento de ocorrências nos estabelecimentos de ensino. Além disso, a equipe de Patrulha Escolar Comunitária atua preventivamente com visitas escolares, policiamento e abordagens nos entornos, bem como a permanência nas entradas, saídas e intervalos, justamente no intuito de evitar eventos como o ocorrido na data de ontem.
Sempre que a Polícia Militar tem conhecimento de que alguma briga esteja por acontecer, de forma antecipada a equipe é remanejada para o local a fim de evitar a situação. Quando solicitada via 190 para intervir em casos de briga, desloca-se ao local o mais rápido possível na busca de fazer a apreensão dos envolvidos.
Acerca do caso lamentável ocorrido na data de ontem, alguns adolescentes que possam ter algum envolvimento com o fato já foram encaminhados à delegacia, e as equipes permanecem em diligências para esclarecer todas as circunstâncias do fato e buscar a responsabilização dos envolvidos.
A Patrulha Escolar seguirá com suas atividades preventivas, inclusive com palestras interativas com alunos da região, buscando conscientizar a comunidade escolar sobre as causas e consequências desses eventos violentos.