Segurança

Vídeo mostra homem espancado pelo melhor amigo em São José dos Pinhais

A vítima morreu pouco tempo depois das agressões; o crime foi motivado por ciúmes

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações de Daniel Santos, da RICtv
Vídeo mostra homem espancado pelo melhor amigo em São José dos Pinhais
Foto: Reprodução/RIC TV

24 de janeiro de 2022 - 19:37 - Atualizado em 25 de janeiro de 2022 - 14:31

Câmeras de segurança registraram o momento em que o empresário Cassiano Pissaia, de 47 anos, foi espancado por seu melhor amigo em um posto de combustíveis em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. O crime ocorreu no início da madrugada da última sexta-feira (21). (Assista abaixo)

Nas imagens chocantes, é possível ver Henrique Santos desferindo vários socos e um chute na cabeça da vítima, que está deitada imóvel no chão. Ele só parou com as agressões ao ser imobilizado e arrastado de cima da vítima por amigos de ambos que estavam no local. 

Cassiano chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois no hospital. 

Henrique se apresentou na Delegacia de São José dos Pinhais nesta segunda-feira (24), juntamente com um advogado. Durante o depoimento, ele preferiu manter o silêncio e declarou que irá se manifestar apenas em juízo. 

Veja as imagens: 

Motivação

De acordo com a Polícia Civil, o crime foi motivado por ciúmes porque Cassiano estaria se relacionando com a ex-namorada de Henrique, com a qual ele permaneceu até o dia três de dezembro. 

“Pelo o que consta nos autos, ele [Henrique] teria ido até um bar de São José dos Pinhais, nesse bar, ele encontrou com o casal, o clima não ficou muito bom. Eles teriam saído [Cassiano e a mulher] e, na sequência, o investigado teria ligado para essa mulher que confirmou que eles estariam saindo. Ele então teria ligado para a vítima, marcado de ir até a residência da vítima, não encontrou a vítima lá, e aí liga de novo para a vítima. A vítima atende e fala: ‘Pode vir aqui, que eu estou aqui nesse posto de combustíveis’. Quando ele chega no posto, segundo as imagens, ele teria começado a agredir e espancar até a morte”, explicou o delegado Fábio Machado. 

Machado ainda pontuou que foi apenas graças a interferência dos amigos em comum que as agressões pararam. 

“Graças aos amigos que ele não continuou espancando o rapaz. A ação do investigado foi muito rápida. Ele chegou, abordou, já derrubou no chão e começou a espancar. Um dos amigos, estava no banheiro, saiu correndo, foi lá e tirou o investigado de cima da vítima. Mas mesmo assim não deu tempo. Ele acabou sofrendo tantas lesões, que foi levado ao hospital e acabou falecendo”,

completou o delegado. 

Ainda conforme o delegado, o vídeo e o depoimento das testemunhas serão usados para tipificar por quais crimes Henrique será indiciado. “Eu espero o relatório de investigação justamente para a gente verificar se nós vamos indicá-lo pelo homicídio qualificado, pela lesão corporal seguida de morte ou se há uma outra tipificação”. 

O advogado de defesa, Caio Persival, alego que o cliente não queria matar o amigo. “O que aconteceu ali foi uma briga que saiu do controle. Isso por conta de que o próprio Cassiano, ele engendrou, traçou as próprias coordenadas da sua morte. Ele começa a xingar o Henrique, chamando ele de ‘corno’, ele ameaça agredir o Henrique e o Henrique, na iminência de uma injusta agressão, sob domínio de violenta emoção, ele parte para cima do Cassiano. E a coisa saiu do controle”. 

Registrou um flagrante? Mande para o WhatsApp do RIC Mais. Clique aqui e faça o portal com a gente!