Segurança

Vídeo: Jovem é morta a tiros enquanto trabalhava

A vítima estava sozinha no local de trabalho quando foi assassinada por um homem que teria interesse amoroso nela

Carol
Carol Machado / Produtora Com informações do Metrópoles
Vídeo: Jovem é morta a tiros enquanto trabalhava
Vídeo: Jovem é morta a tiros enquanto trabalhava - Foto: reprodução

22 de março de 2022 - 15:15 - Atualizado em 22 de março de 2022 - 15:16

Uma jovem de 23 anos foi morta a tiros enquanto estava trabalhando em um estabelecimento localizado em Teresópolis de Goiás, o crime ocorreu na tarde da última segunda-feira (21).

De acordo com a Polícia Militar (PM), a jovem identificada como Mariana Almeida da Silva, foi atingida por vários disparos e morreu no local. O autor do crime foi identificado como Fernando Inácio de 37 anos, que cometeu suicídio logo depois de cometer o assassinato

Fernando usou duas armas para executar a jovem. Segundo as investigações, a motivação do crime seria o desinteresse da vítima em ter um relacionamento com o autor. Ainda de acordo com as investigações, os dois nunca tiveram um envolvimento amoroso. Contudo, Fernando estava perseguindo a vítima, dando presentes, tentando ‘conquistá-la’, mas Mariana não demonstrou interesse. 

No momento do crime, a vítima estava sozinha no local de trabalho. As imagens da câmera de segurança do local registraram o momento do assassinato. Na gravação é possível ver que Mariana ainda estava sentada à mesa quando começou a ser ameaçada por Fernando, que já estava com uma arma em mãos. Na sequência, ele olha para a rua, e ela ao perceber a situação tenta fugir do local, mas não consegue, pois a única saída estava sendo barrada pelo assassino.

Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para serem periciados. A Polícia Civil continua a investigação e deve ouvir a família da vítima e do autor do assassinato. As informações são do Metrópoles.

Veja o vídeo:

Quer mandar uma sugestão de pauta pro RIC Mais? Descreva tudo e mande suas fotos e vídeos pelo WhatsApp, clicando aqui.