Segurança

Vídeo: Imagens mostram como ficou posto de combustíveis após tiroteio com policial, em Curitiba

Quatro pessoas foram baleadas pelo atirador; um homem de 32 anos não resistiu

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações da RICtv
Vídeo: Imagens mostram como ficou posto de combustíveis após tiroteio com policial, em Curitiba
(Foto: Reprodução/ RICtv/ Cristiano Vaz/ Canal 190)

2 de maio de 2022 - 10:39 - Atualizado em 2 de maio de 2022 - 15:55

Imagens gravadas no posto de combustíveis, localizado no bairro Cristo Rei, em Curitiba, após um tiroteio, mostram um cenário assustador. Vidros foram quebrados, produtos caíram no chão e manchas de sangue ficaram espalhadas pela área interna e externa da loja de conveniência.

O homem apontado por testemunhas como atirador é agente da Polícia Federal (PF) e foi preso após a chegada de uma equipe da Polícia Militar (PM). Em um momento de fúria, o policial disparou diversas vezes e atingiu quatro pessoas, sendo que uma delas não resistiu.

A vítima que morreu tinha 32 anos e foi identificada como André Luiz Fritoli. Logo após o registro dos disparos, ambulâncias do Corpo de Bombeiros foram até o posto de combustíveis e realizaram atendimentos. “A moça foi encaminhada rapidamente ao hospital em estado grave. Os outros dois estavam mais estáveis. Uma cena bem forte, chocante”, contou o tenente Filipaki, do Corpo de Bombeiros.

Veja imagens do posto após o crime

Crime em posto de combustíveis

Um policial federal foi apontado como responsável pela confusão registrada na madrugada desta segunda-feira (2), em um posto de combustíveis, no bairro Cristo Rei. Segundo testemunhas, o homem entrou na loja de conveniência para comprar alguns lanches, porém, no momento em que iria deixar o local iniciou uma conversa com o segurança do local.

Incomodado com a maneira como o policial se referiu ao trabalhador, um outro cliente entrou na discussão. Os dois clientes entraram em luta corporal e o policial federal logo sacou uma arma e fez os primeiros disparos. Ao todo, quatro pessoas foram baleadas, sendo que uma delas morreu.

Apesar do cenário bastante assustador, com vidros quebrados, manchas de sangue e feridos, o atirador não ficou intimidado e permaneceu no local. “Após isso aí ele veio na frente do posto, urinou e sentou para tomar uma cerveja. Daí chegou a polícia e abordou ele”, revelou uma testemunha.

O policial foi rendido e encaminhado à Central de Flagrantes. A Polícia Federal confirmou que o agente Ronaldo Massuia da Silva foi recolhido à carceragem da PF.

Atualização

Vídeos ainda flagraram o momento em que os tiros foram disparados e o desespero de testemunhas no posto de gasolina. Veja:

Quer mandar uma sugestão de pauta pro RIC Mais? Descreva tudo e mande suas fotos e vídeos pelo WhatsApp, clicando aqui.