Segurança

Suspeito de matar motoboy em Londrina continua foragido

O suspeito teria matado o jovem para acertar uma conta de um automóvel batido

Bruna
Bruna Melo / Repórter com informações de Daniela Calsavara, da RIC Record TV Londrina
Suspeito de matar motoboy em Londrina continua foragido
Foto: Reprodução/Câmera de segurança

12 de novembro de 2021 - 09:15 - Atualizado em 12 de novembro de 2021 - 09:15

Na manhã desta sexta-feira (12), a Polícia Civil saiu às ruas de Londrina, norte do Paraná, para cumprir um mandado de prisão e dois de busca e apreensão. Os mandados são relacionados ao crime contra o motoboy Carlos Manoel Marlini, de 19 anos, que foi assassinado a tiros enquanto fazia uma entrega, no dia 15 de outubro. O suspeito executá-lo é um conhecido da vítima.

Conforme as informações cedidas pelo delegado João Reis, a motivação para o crime seria uma dívida de Carlos com o atirador. O jovem teria pego emprestado um veículo do homem e batido contra um poste, sem pagar o conserto.

Câmeras de segurança registraram o ataque. Um carro modelo Ônix se aproxima do rapaz, que está com a moto, e começa os disparos. O automóvel foge e, mesmo baleado, se levanta para buscar ajuda.

O dono do automóvel não foi localizado pelos policiais e segue foragido. O carro foi encontrado incendiado. A Polícia Civil acredita que ele possa estar em outro estado.