Segurança

Suspeito de matar esposa e enteado a facadas é preso em Curitiba e confessa crime

Uma menina de dois anos, filha de Elizeu e Vany, foi trancada em um cômodo da casa e poupada pelo pai

Daniela
Daniela Borsuk com informações de Fernanda Deslandes, da RIC Record TV

Elizeu de Castro Silva, suspeito de assassinar a esposa, Ivanilda de Magalhães de Castro, 32 anos, e o enteado, Renan de Magalhães Ribeiro, de nove anos, foi preso na manhã deste sábado (4), na Av. Presidente Wenceslau Braz, no bairro Vila Guaíra, em Curitiba. O homem foi detido por uma equipe da Guarda Municipal (GM) e confessou o crime. Na sequência, foi encaminhado para a delegacia de Piraquara.

O suspeito estava sendo procurado pela polícia desde que o crime foi registrado, na tarde de quarta-feira (1º). Ivanilda, ou Vany, como era conhecida, e o filho, uma criança de nove anos, foram mortos a facadas. Uma menina de dois anos, filha de Elizeu e Vany, foi trancada em um cômodo da casa e poupada pelo pai.

Na delegacia de Piraquara, onde está detido, Elizeu relatou que cometeu o crime enquanto estava em um surto causado pelo uso de entorpecentes e que pensou em tirar a própria vida.

O crime

Os corpos de Vany e Renan foram encontrados por familiares, depois que a filhinha do casal, de apenas dois anos, se pendurou na janela. A criança ficou quase 24 horas com os cadáveres na casa, até que mãe e filho foram localizados mortos na quarta-feira (1º), assassinados com golpes de faca. O principal suspeito do crime era o marido da vítima, Elizeu, que era usuário de crack.

Elizeu fugiu do local e só foi localizado neste sábado (4). Durante a semana, familiares tentavam entender o que poderia ter motivado o crime, já que o casal parecia se dar bem.