Segurança

Racha no Capão Raso: motorista revela que amigos estavam bêbados e incentivaram racha

Condutor confessou que todos estavam em uma despedida de solteiro momentos antes do acidente, mas nega que tenha aceitado participar de racha

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações da PCPR
Racha no Capão Raso: motorista revela que amigos estavam bêbados e incentivaram racha
(Foto: Paulo Fischer/ RIC Record TV)

9 de outubro de 2021 - 13:08 - Atualizado em 9 de outubro de 2021 - 13:08

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) identificou e ouviu o motorista suspeito de participar de um racha, que terminou em acidente com três vítimas na madrugada desta sexta-feira (8), no bairro Capão Raso, em Curitiba. De acordo com o delegado Edgar Santana, o rapaz era o condutor do veículo Fiat Bravo, que aparece nas imagens de câmeras de segurança logo após um Jetta colidir contra um muro.

O motorista do Bravo, que fugiu do local após o Jetta bater, confessou que era amigo dos três ocupantes do outro carro e que todos estavam embriagados e tentavam instigar para a prática do racha.

“Durante seu interrogatório, o investigado afirmou que conhecia os ocupantes do veículo Jetta, inclusive era amigo bem próximo de um deles, e que estavam em uma despedida de solteiro momentos antes do acidente. Declarou ainda que não consumiu bebida alcoólica, mas que os ocupantes do Jetta estariam alcoolizados e o instigavam a praticar o crime de racha, no entanto ele não teria participado”,

declarou Edgar Santana.

O delegado ainda reforçou que o inquérito policial foi instaurado e os envolvidos podem ser responsabilizados

“As diligências continuam no sentido de colher elementos probatórios para conclusão do inquérito policial e não descartamos ainda a possibilidade de um dolo eventual, e o indiciamento dos envolvidos no acidente na prática de uma tentativa de homicídio prevista no código penal”,

contou o delegado.
Cinegrafista da RIC Record TV flagrou Fiat Bravo passando próximo ao local do acidente (Foto: Reprodução/ RIC Record TV)

Racha no Capão Raso

O acidente foi registrado durante a madrugada desta sexta-feira (8), na Rua Marechal Otávio Saldanha Mazza, nas proximidades da Rua José Zaleski. Guilherme Lada e outros dois homens estavam no veículo ficaram feridos com gravidade. Conforme testemunhas, os ocupantes do carro estavam embriagados. Guilherme perdeu o controle do veículo em um trecho de reta da rua, o carro virou na pista e bateu contra um muro.

As vítimas foram socorridas em estado grave e encaminhadas para o hospital. Além disso, uma testemunha afirmou que os jovens participavam de um racha em alta velocidade e que o condutor do outro carro foi embora ao perceber a colisão.

“Altamente alcoolizados, deu para sentir o cheiro de álcool, e eles não respondem aos sinais, eu tentei fazer tudo para que eles apresentassem alguns sinais”, declarou uma empresária que presenciou o acidente.

O médico do Siate que fez o atendimento do local, Márcio Nogarolli, explicou o estado de saúde das vítimas. “É um choque de grande energia contra o muro, os três jovens muito graves, todos correndo risco de morte, agora nós temos que nos esforçar para correr nesses minutos e providenciar o tratamento mais rápido e mais acertado”.