Segurança

Prefeito de Quedas do Iguaçu (PR) é preso por embriaguez ao volante e diz que policiais ficariam ‘encrencados’

O prefeito atingiu um motociclista em Guaratuba, no Litoral, e durante o atendimento do acidente, disse que os policiais estariam encrencados se o prendessem; ele foi detido por embriaguez ao volante, lesão corporal no trânsito, desacato e ameaça

Daniela
Daniela Borsuk
Prefeito de Quedas do Iguaçu (PR) é preso por embriaguez ao volante e diz que policiais ficariam ‘encrencados’
(Foto: Ilustração/ Redes Sociais)

23 de janeiro de 2022 - 10:35 - Atualizado em 23 de janeiro de 2022 - 10:41

Foi preso em Guaratuba, no Litoral do Paraná, neste sábado (22) e permanece detido neste domingo (23) o prefeito de Quedas do Iguaçu, Élcio Jaime (PSD). O político, de 48 anos, foi autuado em flagrante por embriaguez ao volante, lesão corporal no trânsito, desacato e ameaça, segundo a Polícia Civil.

De acordo com a polícia, Élcio estava conduzindo um veículo no litoral e se envolveu em um acidente que deixou um motociclista ferido, no final da tarde deste sábado. Durante o atendimento realizado pela Polícia Militar, o político se recusou a fazer o teste do bafômetro e desacatou os policiais.

Conforme a Polícia Civil, em vários momentos Élcio utilizou a função pública para tentar coagir as equipes policiais e liberá-lo sem que fosse realizado os trabalhos previstos em Lei. Por várias vezes falou com os policiais de forma desrespeitosa e insinuou que eles estavam encrencados.

O prefeito foi preso e encaminhado para a delegacia de Guaratuba, onde permanece detido. O motociclista atingido no acidente foi socorrido e levado para uma unidade de saúde.

Em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Quedas do Iguaçu, foi informado que o caso foi uma “fatalidade” e que “o prefeito está em férias até o dia 06 de fevereiro, estava com carro particular e com a família“.