Segurança

Polícia recupera em Curitiba caminhonete roubada há cinco dias em Telêmaco Borba; vítima sofreu agressões

Dono do veículo ficou mais de 24 horas sob a mira dos assaltantes e foi abandonado amarrado em uma área de mata

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações de Marcelo Borges, da RIC Record TV
Polícia recupera em Curitiba caminhonete roubada há cinco dias em Telêmaco Borba; vítima sofreu agressões
(Foto: Paulo Fischer/ RIC Record TV)

31 de agosto de 2021 - 11:08 - Atualizado em 31 de agosto de 2021 - 11:08

A Polícia Militar do Paraná (PMPR) recuperou na noite desta segunda-feira (30), em Curitiba, uma caminhonete que havia sido roubada há cinco dias em uma chácara de Telêmaco Borba, na região dos Campos Gerais. O veículo foi encontrado na garagem de um condomínio, no bairro Pinheirinho. O responsável foi identificado e preso.

Segundo a PM, o dono do veículo foi abordado em sua chácara nos Campos Gerais e obrigado a permanecer mais de 24 horas sob a mira dos assaltantes. A vítima foi agredida e ameaçada diversas vezes. Antes de ter a caminhonete levada, o homem foi abandonado, amarrado, em uma mata.

“Foi abordado por três elementos encapuzados que foram muito violentos. Colocaram dentro da caminhonete, ficaram rodando 24 horas com ele, depois mandaram ele correr, deram tiro pra cima, amarraram ele no mato para poder fugir”,

contou o capitão Gonçalves.

No condomínio, no bairro Pinheirinho, em Curitiba, os policiais encontraram a caminhonete com as mesmas características, porém, com a placa clonada. Os policiais então abordaram o suspeito de ter posse do veículo e foram surpreendidos pela tranquilidade com que ele foi encaminhado a sede da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV).

(Foto: Paulo Fischer/ RIC Record TV)

Na sede policial, segundo o delegado Eric Guedes, o suspeito foi preso por receptação e adulteração de sinal identificador. A previsão é que nesta quarta-feira (1), o homem seja removido para Central de Triagem e colocado à disposição da justiça. A princípio, o suspeito não foi apontado como autor do roubo, entretanto, será submetido a reconhecimento.

O dono da caminhonete agradeceu aos policiais e revelou que não tinha seguro do automóvel.