Segurança

Polícia prende suspeito de assassinar homem que derrubou motos ao dar a ré, em Colombo

A vítima voltava de uma confraternização da empresa na qual trabalhava e parou para fazer um lanche. Ao sair do local, que vendia espetinhos, Tiago deu a ré e derrubou algumas motos que estavam estacionadas

Daniela
Daniela Borsuk com informações de Tiago Silva, da RIC Record TV Curitiba
Polícia prende suspeito de assassinar homem que derrubou motos ao dar a ré, em Colombo
(Foto: Reprodução/ RIC Record TV)

31 de agosto de 2021 - 15:13 - Atualizado em 31 de agosto de 2021 - 15:13

A Polícia Civil do Paraná prendeu, nesta segunda-feira (30), o suspeito de atirar contra Tiago Isaias Dolenga, de 33 anos, assassinado na madrugada de 19 de dezembro de 2020 na Vila Guarani, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. A vítima voltava de uma confraternização da empresa na qual trabalhava e parou para fazer um lanche. Ao sair do local, que vendia espetinhos, Tiago deu a ré e derrubou algumas motos que estavam estacionadas, o que teria motivado o crime.

Conforme o relato de testemunhas para a polícia, Tiago seguiu de carro sem levantar os veículos. Um dos motociclistas teria se irritado, perseguido o motorista e atirado contra ele, acertando a cabeça e o pescoço de Tiago, que não resistiu aos ferimentos. Ferido, o condutor só parou o carro ao bater contra um poste.

O suspeito foi preso em casa, após uma denúncia anônima, e levado para a delegacia do Alto Maracanã, em Colombo. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Herculano de Abreu, o suspeito não tinha passagens pela polícia.

“Ali está bem claro que foi falta de controle emocional, não foi nem uma situação de trânsito ou dano, eles estavam parados, comendo espetinho, e a vítima a hora que foi sair com o carro dela, acabou derrubando a moto do suspeito que foi preso hoje. Ele não parou para levantar a moto, só derrubou e saiu. Esse rapaz, o suspeito, foi atrás da vítima e, na Estrada da Ribeira, acabou desferindo disparos de arma de fogo, a vítima saiu da estrada, entrou na contramão e bateu em um poste.” 

explicou o delegado.

O homem negou o crime e será interrogado novamente nesta terça-feira (31) na presença de advogados. A expectativa da polícia é de que, com a prisão do suspeito, a equipe possa identificar um segundo envolvido no crime. Até o momento, a arma usada no assassinato não foi localizada.

Tiago não resistiu aos ferimentos (Foto: Redes Sociais)