Segurança

Papai Noel é preso após agarrar e beijar adolescente que ajudava em ação de Natal

Homem disse que abraçou e beijou adolescente porque “estava feliz”; ele foi autuado em flagrante por importunação sexual

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da Polícia Civil do Paraná
Papai Noel é preso após agarrar e beijar adolescente que ajudava em ação de Natal
(Foto: Ilustrativa)

11 de dezembro de 2021 - 12:51 - Atualizado em 11 de dezembro de 2021 - 13:36

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu em flagrante um Papai Noel, de 69 anos, suspeito de importunação sexual contra uma adolescente, de 15, na noite desta sexta-feira (10), em Guaratuba, no Litoral do Estado. 

Na ocasião do crime, a vítima estava ajudando o indivíduo, que era amigo da família, a fazer doações de Natal. Em determinado momento, ele pediu um abraço e a forçadamente a beijou diversas vezes no rosto.

“A adolescente alegou que havia sido molestada sexualmente por um indivíduo para qual ela estava prestando auxílio na venda de doces e este indivíduo trajava vestes de Papai Noel. De imediato a equipe de investigação da Operação Verão iniciou diligências e teve sucesso em localizar esse Papai Noel em um bar da cidade de Guaratuba. Ele foi conduzido até a unidade policial, foi interrogado e confessou que beijou e abraçou a adolescente como forma de carinho e não tinha segundas intenções”,

contou o delegado Edgar Santana.
(Foto: Divulgação / Polícia Civil)

A adolescente, acompanhada de sua mãe, registrou boletim de ocorrência e o Papai Noel foi preso em um bar. A pena de importunação sexual pode chegar a 5 anos.