Segurança

Polícia investiga caso de adolescente entregue como oferenda “sexual” em ritual religioso

A Polícia investiga o caso, onde a própria mãe da jovem foi quem ofereceu a adolescente ao padrasto, para que ele se livrasse do “mau”; caso aconteceu no Oeste do PR

Aline
Aline Cristina / Repórter
Polícia investiga caso de adolescente entregue como oferenda “sexual” em ritual religioso
Foto: Ilustrativa/Pexels

29 de setembro de 2021 - 11:07 - Atualizado em 29 de setembro de 2021 - 11:09

A Polícia Civil está investigando um caso de estupro de vulnerável na cidade de Cafelândia, no Oeste do Estado. A vítima teria sido oferecida como uma oferenda religiosa.

Os policiais tomaram conhecimento do fato por meio de um Boletim de Ocorrência, que foi registrado após a descoberta do crime, pela professora da menina de 14 anos.  O crime aconteceu há um ano, mas só veio à tona nesta semana.

Segundo o delegado de Polícia, Ary Nunes, responsável pelo caso, foi aberto um inquérito para apurar a veracidade dos fatos.

“ O que chegou ao nosso conhecimento, por meio de boletim de ocorrência, é que o caso aconteceu há um ano, quando a vítima tinha 13 anos, segundo consta em boletim, ela teria sido oferecida pela mãe, ao padrasto. A orientação é que ele tivesse relação com uma mulher virgem para que se livrasse do mau.”

delegado de Polícia – Ary Nunes

O caso é tratado em sigilo pela polícia. Na época em que os fatos ocorreram, a menina tinha 13 anos. Segundo o delegado, o inquérito vai apurar a veracidade dos fatos para comprovar se a história é verdadeira e teve envolvimento religioso.

“ A garota irá passar por exames de corpo delito e as partes também serão ouvidas. O padrasto que é apontado como suspeito do crime tem 38 anos.

delegado de Polícia – Ary Nunes

Tentamos entrar em contato com o Conselho Tutelar, para confirmar se estão acompanhando o caso, mas até ao momento não tivemos respostas, por meio dos canais de comunicação.