Segurança

PF realiza operação em Maringá após procurador federal ter computador furtado

Dentre os bens levados, entre veículos, eletrônicos e objetos pessoais, estava um notebook da Advocacia Geral da União

Renan
Renan Vallim / Repórter com informações da PF
PF realiza operação em Maringá após procurador federal ter computador furtado
Ao todo foram cumpridos 23 mandados | Foto: Ilustrativa/PF

16 de fevereiro de 2022 - 09:33 - Atualizado em 2 de março de 2022 - 10:59

A Polícia Federal (PF) cumpriu, na manhã desta quarta-feira (16), 3 mandados de busca e apreensão relacionados a um crime de furto ocorrido no início do ano, em Maringá. A vítima do crime foi um servidor da Advocacia Geral da União (AGU).

As buscas, autorizadas pela Justiça Federal, foram realizadas em locais vinculados a suspeitos de envolvimento no furto ou na receptação de pertences do procurador federal. Dentre os bens levados, entre veículos, eletrônicos e objetos pessoais, estava um notebook da AGU, situação na qual a Polícia Federal tem atribuição para investigar.

A análise do material apreendido pode revelar outras ações criminosas cometidas pela quadrilha, com futuro compartilhamento das provas com a Polícia Civil local.

Trata-se da segunda ação da Polícia Federal, em menos de três meses, com foco em crimes de furto e roubo na região. Em dezembro, foi deflagrada a Operação Acesso Soturno, que também visava desarticular organização criminosa voltada para tais delitos. Tal apuração apontou a participação dos envolvidos em uma série de outros crimes, como homicídios, receptação, estelionatos e fraudes em financiamento.

Quer mandar uma sugestão de pauta pro RIC Mais? Descreva tudo e mande suas fotos e vídeos pelo WhatsApp, clicando aqui.