Segurança

PF cumpre mandados no Paraná contra criminosos envolvidos em lavagem de dinheiro e contrabando

Durante as investigações, foi apurado que os participantes do esquema já haviam sido presos em outras ocasiões por transporte de cigarros paraguaios

Bruna
Bruna Melo / Repórter com informações da Polícia Federal
PF cumpre mandados no Paraná contra criminosos envolvidos em lavagem de dinheiro e contrabando
(Foto: Daniela Calsavara/RICtv)

5 de julho de 2022 - 09:23 - Atualizado em 5 de julho de 2022 - 11:02

Na manhã desta terça-feira (5), a Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Parasitas. Foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão e três de prisão, em cidades do Paraná e uma de São Paulo. Os alvos fazem parte de um grupo criminoso que atua no contrabando de cigarros e lavagem de dinheiro.

Os crimes seriam cometidos na região de Londrina, no norte do Paraná. Os envolvidos usavam dados de pessoas físicas e de jurídicas para a movimentação financeira e registro de bens. As práticas são conhecidas como “laranja” e “empresas de fachada”. O dinheiro era da importação clandestina de cigarros.

Durante as investigações, foi apurado que os participantes do esquema já haviam sido presos em outras ocasiões por transporte do produto.

Dos mandados de busca e apreensão cumpridos no Paraná, 17 foram na região de Londrina, um em Maringá e outro em Guaíra. No estado de São Paulo, um em Agudos. Os três mandados de prisão são contra os líderes do grupo.

Foram apreendidos veículos adquiridos com o dinheiro do crime, documentos e outros materiais. Houve também bloqueio judicial de bens e de recursos financeiros mantidos nas contas dos investigados até o limite de R$ 15 milhões.