Segurança

Perseguição na BR-376 termina com confronto e três suspeitos mortos, em SJP

Um dos indivíduos que não resistiu já havia baleado um policial militar em outra ocorrência, em Curitiba

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações de Adriana Lopes, da RICtv
Perseguição na BR-376 termina com confronto e três suspeitos mortos, em SJP
(Foto: Adriana Lopes/ RICtv)

22 de fevereiro de 2022 - 07:49 - Atualizado em 22 de fevereiro de 2022 - 07:49

Uma perseguição na BR-376, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, terminou em confronto e com a morte de três suspeitos. Os indivíduos que não resistiram estavam dentro de um Fiat Uno, da cor branca, e são suspeitos de cometerem um assalto em uma loja de departamentos, em Joinville (SC). A troca de tiros aconteceu por volta das 4h30, desta terça-feira (22).

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), o veículo com as mesmas características do suspeito pelo crime foi localizado por uma equipe da ROTAM (Rondas Ostensivas Tático Móvel), na BR-376, no sentido Joinville – Curitiba. Os militares emitiram sinais sonoros e luminosos, porém, os ocupantes do Uno não pararam.

Houve um primeiro confronto, mas os suspeitos continuaram a fuga pela BR-376. Perto do KM 621, já em São José dos Pinhais, houve uma nova troca de tiros e o motorista do Fiat Uno colidiu contra uma mureta. Os três ocupantes do carro foram baleados e não resistiram. Nenhum policial ficou ferido.

(Foto: Adriana Lopes/ RICtv)

Dentro do veículo foram apreendidos mais de 40 celulares novos, que possivelmente foram roubados da loja de departamentos. Muitos dos aparelhos ainda estavam com código de barra.

confornto-br-376-em-sjp (2)
(Foto: Adriana Lopes/ RICtv)

Suspeito conhecido

Segundo informações do tenente Duarte, da PM, um dos suspeitos que morreu no confronto já esteve envolvido em outra ocorrência. Na ocasião, o rapaz, que ainda era um adolescente, baleou um policial militar no bairro Alto Boqueirão, na tentativa de roubar o armamento.

O policial foi socorrido e sobreviveu. Na época, o suspeito não ficou preso pois tinha menos de 18 anos. Na ocorrência desta madrugada, o indivíduo, que agora tinha 20 anos, não resistiu.

Registrou um flagrante? Mande pro WhatsApp do RIC Mais clicando aqui e faça o portal com a gente!