Segurança

Morre quarta vítima de explosão em churrasqueira, em Curitiba

Willian Silva estava internado com queimaduras desde o dia 2 de outubro; outros três jovens também foram vítimas da explosão

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Morre quarta vítima de explosão em churrasqueira, em Curitiba
(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

18 de outubro de 2021 - 07:55 - Atualizado em 18 de outubro de 2021 - 11:55

Amigos de Willian Silva confirmaram que o jovem, que sofreu queimaduras após uma explosão em uma churrasqueira no dia 2 de outubro, não resistiu na noite deste domingo (17). O rapaz, de 28 anos, teve mais de 80% do corpo queimado e desde o dia do acidente permaneceu internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Universitário Evangélico Mackenzie.

Outros três jovens já haviam morrido devido ao acidente que aconteceu no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, durante um churrasco entre amigos. Confira a identificação das quatro vítimas que não resistiram:

  • Wemerson Souza – 26 anos
  • Gustavo Castro – 27 anos
  • Larissa Petez – 20 anos
  • Willian Silva – 28 anos
Larissa, Wemerson e Gabriel (Foto: Reprodução/ Redes Sociais/ RIC Mais)

Explosão em churrasqueira

Seis jovens ficaram feridos após a explosão de uma churrasqueira no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. Segundo testemunhas, o incidente aconteceu por volta das 18h30, no dia 2 de outubro.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e seis pessoas foram identificadas com queimaduras. Uma delas dispensou atendimento médico e outras cinco foram encaminhadas para o Hospital Universitário Evangélico Mackenzie.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a causa da explosão foi devido a utilização inadequada de gasolina em uma churrasqueira

Na manhã seguinte ao acidente, o hospital confirmou a morte de dois jovens, Wemerson Souza e Gustavo Castro. Já no final do dia, familiares confirmaram o óbito de Larissa Petez.

Investigação

Em nota, a Polícia Civil afirmou que “segue investigando o caso e realizando diligências para esclarecer o fato”.