Segurança

Médico é espancado até a morte dentro de casa em Prudentópolis; amigo é preso

O próprio suspeito acionou socorro a vítima; ele confessa agressões

Guilherme
Guilherme Fortunato / Editor com informações Polícia Militar
Médico é espancado até a morte dentro de casa em Prudentópolis; amigo é preso
(Foto: reprodução / redes sociais)

6 de junho de 2022 - 10:03 - Atualizado em 6 de junho de 2022 - 10:03

O médico, Fábio Alessandro Maia, de 44 anos, foi espancado e morreu na noite de domingo (5), em Prudentópolis, no centro-sul do Paraná. O principal suspeito é Gustavo Makuch Zentil, de 19 anos, amigo da vítima.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito disse que foi atacado pelo médico e que revidou a agressão, com socos e chutes. O próprio agressor pediu socorro para ele. 

Na casa da vítima havia marcas de sangue espalhadas pelas paredes e na cama do médico, que foi encaminhado para o hospital Santa Casa de Prudentópolis. Maia sofreu uma parada cardiorrespiratória no hospital e morreu.  

O Corpo de Bombeiros acompanhou o jovem até a chegada da polícia, que o encaminhou para a delegacia da Polícia Civil.