Segurança

Mãe confessa que ajudou o marido a estuprar e matar a filha recém nascida

A criança tinha apenas 40 dias de vida foi morta por asfixia

Carol
Carol Machado / Produtora Jr Com informações do Metrópoles
Mãe confessa que ajudou o marido a estuprar e matar a filha recém nascida
Mãe confessa que ajudou o marido a estuprar e matar a filha recém nascida (Foto: Pixabay)

13 de abril de 2022 - 16:54 - Atualizado em 13 de abril de 2022 - 16:56

Uma mulher confessou que ajudou o marido a estuprar e matar a próprio filha de apenas 40 dias de vida. O crime foi registrado no último domingo (10), em Novo Repartimento, sudeste do Pará.

No primeiro depoimento, o casal havia alegado que ao acordar encontraram a bebê morta. Segundo o pai da criança, eles estavam dividindo a cama com a filha e um deles sufocou a bebê enquanto dormiam. Contudo, os relatos não convenceram as autoridades e o casal foi detido.

A mãe, identificada como Gildete Santos Silva, foi presa na tarde da última segunda-feira (11). De acordo com a Polícia Civil, após o resultado preliminar do Instituto Médico Legal (IML) e contradições no depoimento do casal, a mulher decidiu confessar o crime. Em um novo depoimento, Gildete afirmou que o marido costumava violentar sexualmente a criança.

Os exames do IML mostraram que a bebê morreu por asfixia e apresentava sinais de abuso sexual. O casal segue em investigação sob sigilo.

*As informações são do Metrópoles

Quer mandar uma sugestão de pauta pro RIC Mais? Descreva tudo e mande suas fotos e vídeos pelo WhatsApp, clicando aqui.