Segurança

Ladrões erram local de assalto e fazem reféns em loja, acreditando ser um banco

Funcionários da loja tentaram avisar a dupla várias vezes sobre a confusão; uma das vítimas teria sido agredida ao repetir que a loja não era uma agência bancária

Julia
Julia Cappeletto / Estagiária
Ladrões erram local de assalto e fazem reféns em loja, acreditando ser um banco
Foto: Divulgação/PMPR

7 de dezembro de 2021 - 23:01 - Atualizado em 7 de dezembro de 2021 - 23:01

Cinco funcionários de uma empresa foram feitos reféns durante um assalto à mão armada no distrito de Alto Santa Fé, em Nova Santa Rosa, no oeste do Paraná. O crime aconteceu na tarde de segunda-feira (6), em uma loja que os criminosos acreditavam se tratar de um banco

De acordo com o registro feito pela Polícia Militar, a informação era de que o assalto estaria acontecendo em uma agência bancária. Mas ao chegarem no local, viram que se tratava de um estabelecimento comercial

O gerente do local afirmou que dois homens chegaram em uma motocicleta e entraram na loja dando voz de assalto, pedindo sobre o cofre. Mas, um funcionário teria afirmado que ali não era o banco que eles procuravam, e que a agência bancária ficava ao lado. 

Os assaltantes continuaram insistindo que estavam no local correto e, neste momento, outro refém teria falado com um tom de voz mais alto que ali não era o banco. Os criminosos acabaram batendo no homem. Ainda segundo o relato das vítimas, a dupla, a todo momento, ficava com as armas apontadas para a cabeça deles.

Leia também: Surpresinha malcheirosa’: mulher espalha fezes humanas em entrada de bar

Ao perceberem que estavam no local errado, os assaltantes foram, junto com os cinco reféns, até a agência bancária, mas foram perceberam que o estabelecimento estava fechado e não conseguiriam chegar até o cofre. Assim, retornaram para a loja e uma funcionária foi com os criminosos até o cofre, onde não tinham grandes quantias guardadas. 

Pela falta de dinheiro no cofre, um dos assaltantes acabou quebrando um computador, e depois os dois pegaram a quantia disponível no caixa, assim como cheques. 

A dupla continua foragida.

Registrou um flagrante? Mande pro WhatsApp do RIC Mais clicando aqui e faça o portal com a gente!