Segurança

Homem que atropelou policial militar é liberado sem precisar pagar fiança

Justiça informou que motorista é réu primário e está em tratamento contra um câncer

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Homem que atropelou policial militar é liberado sem precisar pagar fiança
(FOTO: DIOGO CORDEIRO/ RIC RECORD TV)

9 de maio de 2021 - 10:24 - Atualizado em 9 de maio de 2021 - 10:24

O motorista, de 66 anos, que atropelou um policial militar em frente a uma farmácia, em São José dos Pinhais, teve a liberdade provisória concedida neste sábado (8). A juíza Carolina Maia Almeida informou que houve um crime culposo e, apesar do teste do bafômetro indicar embriaguez ao volante, não se pode decretar a prisão preventiva. O documento ainda destacou que o motorista está em tratamento contra um câncer e o crime não ocorreu em um ambiente familiar.

Na noite da última quinta-feira (6), o soldado Luiz Cesar Rodrigues Kaseker, de 39 anos, foi atropelado no momento em que estava em frente a uma farmácia, no bairro Rio Pequeno, na Região Metropolitana de Curitiba. O condutor do Fiat Uno perdeu o controle e acabou prensando a vítima contra a parede. 

Devido às lesões, o policial teve as duas pernas amputadas e segue internado na Unidade de terapia Intensiva (UTI). Um teste do bafômetro apontou que o condutor do automóvel estava embriagado. O motorista foi encaminhado ao hospital para atendimentos, sob escolta policial.

IMAGENS FORTES: Assista ao momento do acidente

Advogados do policial contestam decisão

Os advogados dos escritórios Chiquini e Dalledone, que estão acompanhando o caso como parte da defesa do soldado, discordaram da decisão da juíza. Segundo os representantes, o caso foi uma tentativa de homicídio. Confira o posicionamento:

“Entendemos que o caso não se trata de mera lesão corporal culposa, mas de verdadeira tentativa de homicídio. Da análise inicial, os elementos probatórios concluem que o autor do crime assumiu o risco do fato praticado e foi indiferente quanto ao resultado produzido, além de ter colocado outras pessoas em perigo.  
Sendo assim, lutaremos por seu processamento e consequente punição perante o Tribunal do Júri de São José dos Pinhais”, informou a defesa.

Policial atropelado

policial atropelado é soldado Luiz Cesar Rodrigues Kaseker, de 39 anos, lotado em São José dos Pinhais. No momento do acidente, o trabalhador estava em frente a uma farmácia, localizada no cruzamento entre as ruas Almerinda de Oliveira Alves e Dep. Ernesto Moro Redeschi.

vítima foi surpreendida pelo carro desgovernado e acabou sendo prensada entre o automóvel e a parede. No momento do acidente, a via estava molhada. 

O soldado foi encaminhado em estado gravíssimo ao Hospital Cajuru e foi submetido a procedimentos cirúrgicos. Nas redes sociais, amigos pedem ajuda para o tratamento da vítima.

soldado atropelado
(Foto: Reprodução/Redes Sociais)