Segurança

Homem morto a tiros em Londrina é de Curitiba e estava desaparecido desde 2020

O IML de Londrina busca familiares que possam fazer o reconhecimento e retirada do corpo

Bruna
Bruna Melo / Repórter com informações de Pedro Marconi, da RIC Record TV Londrina
Homem morto a tiros em Londrina é de Curitiba e estava desaparecido desde 2020
Paulo Sérgio da Rosa. Foto: Divulgação

21 de outubro de 2021 - 12:10 - Atualizado em 21 de outubro de 2021 - 12:24

O duplo assassinato registrado em Londrina, norte do Paraná, nesta terça-feira (19), está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios. As duas vítimas foram identificadas, sendo uma delas um morador de Curitiba que estava desaparecido desde dezembro de 2020.

Paulo Sérgio da Rosa, de 51 anos, era conhecido, coincidentemente, pelo apelido de Curitiba. Um boletim de ocorrência feito por seu prime primo deu conta de que ele saiu da capital para visitar o filho em Londrina, mas não voltou e não fez contato. Ele teve a identidade confirmada por digital, pelo Instituto Médico Legal (IML). Nenhum familiar procurou o homem até o momento.

A segunda vítima é Silvano Elias de Paula, de 40 anos. Seu corpo foi reconhecido por parentes, no IML. Ambos possuíam sinais de tortura feita por meio de socos, pontapés e facadas.

O delegado João Reis informou que Paulo morava no barraco improvisado em que os corpos foram encontrados. Silvano teria ido ao local para usar drogas. Os responsáveis pelas mortes ainda não foram identificados.

O crime

Na madrugada desta quarta-feira (20), dois homens foram encontrados mortos no mesmo local da Rua Augusto Gomes, em Londrina, norte do Paraná. A Polícia Militar (PM) recebeu denúncia de que a vizinhança escutou diversos disparos de arma de fogo. Três homens teriam corrido para dentro de uma mata próxima, depois dos tiros. As vítimas estavam no local com ferimentos causados por disparos e golpes de facas.