Segurança

Homem furta dízimo, se arrepende do pecado e devolve dinheiro à igreja: “errei muito”

Ele disse estar sob efeitos de drogas no momento do crime e que, em seguida, viu que estava errado

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações de Pedro Marconi, da RIC Record TV Londrina
Homem furta dízimo, se arrepende do pecado e devolve dinheiro à igreja: “errei muito”
Registro do furto feito pelo circuito de segurança. Foto: Reprodução/Câmera de segurança

26 de outubro de 2021 - 12:50 - Atualizado em 26 de outubro de 2021 - 12:51

Indo contra o oitavo mandamento, “não furtarás”, um homem invadiu a paróquia do distrito de Santa Margarida, no norte do Paraná. Ele quebrou a janela e a porta para conseguir chegar até a secretaria, onde pegou os envelopes com os dízimos dos fiéis. O valor levado se aproxima de R$ 200. Entretanto, ele disse ter se arrependido do ato e foi, por conta própria, devolver a quantia.

Horas antes do crime, Fábio Peregrino havia ido até o local pedir dinheiro, na sexta-feira (22). Uma das funcionárias ofereceu comida a ele, que negou a doação. Durante a noite, ele voltou ao prédio e foi gravado pelas câmeras de segurança abrindo a caixa em que os dízimos estavam.

“Sei que não é certo fazer essas coisas. Sei que errei muito. Primeiramente, pedir perdão para ‘aquele de cima’. ‘Aquele de cima’ me salvou mais uma vez. E eu peço perdão para todos […]. Sei que não foi certo o que eu fiz”,

explicou Fábio.

Fábio voltou à paróquia do distrito de Bela Vista do Paraíso e, em seguida, registrou o caso na Polícia Civil. Ele responde pelo crime de furto em liberdade. Em depoimento, ele disse que estava sob efeito de drogas quando tomou a decisão de invadir o prédio. A defesa do acusado acredita que o gesto de devolver pode colaborar para a redução da pena.