Segurança

Guardas municipais levam choque durante treinamento na Grande Curitiba

Secretário de Segurança de São José dos Pinhais afirma que a prática é comum há 15 anos

Caroline
Caroline Maltaca / Estagiária com informações de Tiago Silva da RICtv e supervisão de Adriana Justi
Guardas municipais levam choque durante treinamento na Grande Curitiba
(Foto: Reprodução/RICtv)

26 de janeiro de 2022 - 18:27 - Atualizado em 26 de janeiro de 2022 - 18:27

Quatro guardas municipais de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, levaram choque durante um treinamento da equipe. No vídeo registrado e repercutido na internet é possível ver os profissionais deitados e gritando ao serem atingidos por um taser, arma de eletrochoque usado por agentes de segurança.

Em entrevista a RICtv, o secretário de segurança de São José dos Pinhais, Ricardo Kush, explicou a polêmica envolvendo o treinamento e afirmou que a prática acontece há 15 anos no município. Ainda conforme explica Kush, ele mesmo já foi atingido 15 vezes.

“Esse treinamento é feito no mundo todo”,

garantiu o secretário

O secretário garantiu que o taser é um arma não letal, usada apenas para imobilização. Por ser algo usado diariamente, os guardas precisam passar pelo treinamento para que eles entendam a dor sentida pela pessoa abordada. Segundo Kush, isso ajuda o agente a entender se o disparo realmente é necessário em determinadas situações.

Em relação ao risco de levar a morte, o secretário afirmou que em no mundo inteiro, apenas três casos foram registrados, um em Santa Catarina, outro na Austrália e também no Canadá.

Assista a reportagem:

Registrou um flagrante? Mande pro WhatsApp do RIC Mais clicando aqui e faça o portal com a gente!