Segurança

Gangue do Fernandinho tira o sono de moradores na RMC

Uma das vítimas foi assaltada cinco vezes pelo grupo

Mônica
Mônica Ferreira / Estagiária com informações de Emanuel Pierin, RIC Record TV Curitiba
Gangue do Fernandinho tira o sono de moradores na RMC
(Foto: Reprodução/BG)

29 de setembro de 2021 - 16:34 - Atualizado em 29 de setembro de 2021 - 16:34

Uma onda de assaltos em comércios, residências, prédios públicos e até igrejas, vem tirando o sono de moradores do bairro Jardim Colonial em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Os autores dos crimes andam em gangue e o líder foi identificado como Fernandinho.

Segundo relato das vítimas, em muitos casos, os bandidos agem com violência: “Me amarraram, me jogaram aqui dentro do quarto, aí começaram a fazer a limpa. Me bateram, me partiram tudo a cara, rapaz”, disse uma delas à reportagem da RIC Record TV.

Fernandinho não age com cautela. Em uma das ações, ele pula a cerca, se aproxima e rouba a câmera de uma residência.

“Tinha saído fazia uma hora e ele apareceu. O comparsa dele ficou andando, daí ele pulou aqui e pegou a câmera. Deu 10 segundos que ele apareceu na câmera e já, muito rápido. Depois ele veio vindo pra cá, viu que tinha aquela câmera ali, chegou mais perto, só que meu cachorro começou a latir. Nisso, ele se assustou e saiu por lá”,

contou uma outra vítima do grupo.

Uma rapaz foi assaltado pela gangue de Fernandinho cinco vezes. “Da terceira vez, que eles me pegaram aqui, já tinham arrebentado aqui, fechei a porta, entraram aqui. A mãe com a televisãozinha boa dela lá, de 29″ ou 32″, levaram. Levaram os rádios dela, mexeram tudo no guarda roupa dela, não tem nada aqui”.

Em um estabelecimento da região, os bandidos tentaram entrar pelo telhado. Quando o empresário apareceu, os bandidos fugiram do local.

No mesmo dia, o grupo voltou para roubar outra casa na mesma rua, onde amarram um idoso a própria cama e fizeram a limpa.

Gerson Luiz Bini Júnior, Secretário de Segurança Pública do município, relatou que o grupo tentou assaltar uma escola da região. Porém, o alarme tocou e os bandidos fugiram. Mesmo assim, foram identificados pelas câmeras de vigilância. “Não é só foto, tem vídeo também, então eles estão à procura do Fernandinho pra efetuar a prisão”, diz o secretário.

Veja o vídeo: