Segurança

Gaeco denuncia 11 pessoas, incluindo agentes públicos, envolvidos em jogos de azar no norte do PR

A investigação faz parte da Operação Imperium, que apura organização criminosa envolvida em jogos ilegais no Paraná e em São Paulo

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do MPPR
Gaeco denuncia 11 pessoas, incluindo agentes públicos, envolvidos em jogos de azar no norte do PR
(Foto: Divulgação/ Gaeco/ Arquivo)

7 de outubro de 2021 - 18:38 - Atualizado em 7 de outubro de 2021 - 18:38

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Londrina, no norte do Paraná, ofereceu, nesta quinta-feira (7), uma denúncia contra 11 pessoas envolvidas com o “jogo do bicho” nos municípios de Ibiporã e Jataizinho, na mesma região do Estado.

A organização criminosa contava com agentes públicos que pagavam propinas a ao menos um investigador da Polícia Civil da Delegacia de Ibiporã, para que ele se omitisse nas ações de combate à exploração de jogos ilegais.

A denúncia faz parte da investigação realizada pela Operação Imperium, que apura crimes relacionados a jogos ilegais no estado do Paraná e São Paulo. As 11 pessoas envolvidas são acusadas de praticarem os crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva (por 27 vezes) e contravenção penal de exploração do “jogo do bicho”.