Foragidos

Homem que matou mulher a pedradas em Santa Catarina é preso no Paraná

Suspeito tem familiares na RMC, o que levantou suspeita na polícia que ele estava escondido no estado

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações de Tiago Silva, da RICtv
Homem que matou mulher a pedradas em Santa Catarina é preso no Paraná

21 de janeiro de 2022 - 14:39 - Atualizado em 21 de janeiro de 2022 - 14:40

A Polícia Civil prendeu na tarde de quinta-feira (20), em Curitiba, Wilson Alves Santos, de 47 anos, acusado de matar a mulher a pedradas em Caçador, Santa Catarina, em novembro de 2021. Ele estava foragido desde então.

Segundo a polícia, Dioneide dos Santos tinha 44 anos e foi enterrada em um terreno pelo suspeito. Ela desapareceu às 20h de 19 de novembro, quando segundo familiares, saiu de casa sem celular e documentos pessoais. Wilson Alves Santos não retornou para casa desde que a vítima desapareceu. O corpo foi encontrado no dia 24 de novembro, mesma data em que o veículo do acusado foi encontrado abandonado.

Ainda de acordo com as investigações, Wilson possui histórico de violência doméstica, entre outros crimes. Ele tem familiares em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), o que levantou suspeitas dos investigadores de que ele estaria escondido no Paraná.

Mensagens encaminhadas pela família do foragido ao celular usado por Dioneide, destinadas a Wilson Santos, chamaram a atenção da polícia. O mandado de prisão foi expedido e cumprido pela polícia paranaense.

A Polícia Civil investiga se a família sabia que ele estava foragido.