Segurança

Flamenguista é detido com bomba caseira: “ia explodir a torcida do Athletico”, diz polícia

O suspeito teria sido agredido na semana passada por usar uma camisa do Flamengo e teria feito a bomba para se vingar da torcida athleticana

Daniela
Daniela Borsuk com informações de Mariana Braga, da RIC Record TV Curitiba
Flamenguista é detido com bomba caseira: “ia explodir a torcida do Athletico”, diz polícia
(Foto: RIC Record TV Curitiba)

26 de outubro de 2021 - 13:35 - Atualizado em 26 de outubro de 2021 - 13:35

Um torcedor do Flamengo, morador das proximidades da Arena da Baixada, o Estádio Joaquim Américo Guimarães, no bairro Água Verde, em Curitiba, foi encaminhado para a delegacia nesta terça-feira (26), depois que a Polícia Polícia recebeu uma denúncia de que ele estava preparando uma bomba.

O artefato caseiro, a princípio, seria jogado no estádio no jogo entre o Club Athletico Paranaense e o Flamengo que será realizado nesta quarta-feira (27). A partida será no Rio de Janeiro, mas os torcedores do Furacão iriam acompanhar direto da Arena, em um telão que será montado no local.

De acordo com o investigador Henrique Lima, do 10º Distrito, que recebeu a denúncia, a bomba seria uma vingança.

“Na semana passada, ele [o suspeito] acabou sendo abordado no dia do jogo do Athletico e Flamengo, que é a decisão da Copa do Brasil, esse senhor foi abordado por torcedores aqui nesta região, do Athletico Paranaense, e ele estava com uma camisa do Flamengo. O pessoal queria que ele tirasse a camisa do Flamengo à força, ele acabou se recusando, e também acabou, o pessoal do Athletico, acabou dando uma surra nele. E ele por vingança construiu esse artefato que, segundo ele, ele ia explodir a torcida do Athletico com esse artefato”.

explicou o policial.

O homem, de cerca de 60 anos, foi conduzido para a delegacia e terá que assinar um termo circunstanciado. Na sequência, o homem deve responder ao crime em liberdade.