Segurança

Festa na rodovia PR-495 no Oeste do PR termina com duas pessoas mortas e seis feridas

Jovens estavam dançando no meio da pista, quando foram atropelados por um carro; o motorista foi agredido após o acidente

Aline
Aline Cristina / Repórter
Festa na rodovia PR-495 no Oeste do PR termina com duas pessoas mortas e seis feridas

21 de agosto de 2021 - 11:27 - Atualizado em 21 de agosto de 2021 - 11:41

Uma festa em uma rodovia estadual, no Oeste do Paraná, terminou com duas pessoas mortas e seis vítimas em estado grave. O motorista de um carro, que seguia pela PR-495, atropelou os jovens que estavam sobre a pista.

Vídeos divulgados em redes sociais mostram centenas de jovens dançando e escutando música na madrugada deste sábado (21), em meio a rodovia que liga as cidades de Serranópolis do Iguaçu e Medianeira. O local onde os jovens estavam aglomerados, em meio a pandemia, de Covid-19, fica em frente a uma casa de eventos, que estava fechada.

Pouco tempo depois que os vídeos foram gravados, um acidente aconteceu. O condutor de um Civic, que seguia pela rodovia, não percebeu os jovens em meio a pista e atropelou sete pessoas

A colisão foi tão violenta que o carro ficou totalmente destruído. Um jovem identificado como Luan Saraiva da Silva de 30 anos morreu no local do acidente. Outras seis pessoas com idades entre 20 e 30 anos sofreram ferimentos graves, foram atendidas por equipes do Siate e Samu e encaminhadas para hospitais da região.

Adriana Rodrigues de 26 anos, estava internada, não resistiu aos ferimentos e morreu durante a manhã de hoje. 

Após a colisão, pessoas que estavam no local agrediram o condutor do carro, de 60 anos, que também precisou de atendimento médico, ele estava com ferimentos considerados graves na região da face.

Policiais rodoviários estaduais do posto de Santa Helena atenderam o acidente. Segundo os militares, a rodovia é escura e possivelmente ao perceber os jovens na pista, o motorista não teve tempo de frenagem e acabou atingindo o grupo.

Mesmo ferido, o condutor do carro realizou o teste do bafômetro que teve como resultado 0,13 Mg/L, comprovou que ele bebeu, mas não foi suficiente pra uma prisão em flagrante.

Os corpos das vítimas fatais foram levados para o Instituo Médico Legal de Foz do Iguaçu. Os outros envolvidos na colisão permanecem internados em estado grave.