Feminicídio

Homem que teria mandado matar ex-esposa pode ter fugido para o Oeste do PR

Fernanda Quadros, ex-esposa do suspeito de ser o mandante do crime, foi assassinada a tiros na frente de casa, em Piraquara

Daniela
Daniela Borsuk com informações de Tiago Silva, da RICtv

A Polícia Civil do Paraná faz buscas para tentar localizar Maicon Rosa e Cássio Soares Ribeiro, suspeitos de envolvimento com a morte de Fernanda Quadros. A mulher foi assassinada com seis tiros no portão de casa, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. A polícia acredita que Maicon, ex-marido da vítima, tenha mandado Cássio matá-la no dia 1º de dezembro deste ano.

Na noite de sexta-feira (3), a Justiça expediu um mandado de prisão preventiva contra Maicon, mas o homem, que usava tornozeleira eletrônica, desligou o aparelho e fugiu. A suspeita é de que ele tenha ido para Toledo, no Oeste do Paraná, onde moram familiares do homem. Até o momento, ele não foi detido.

A polícia procura o atirador desde quinta-feira (2), quando uma testemunha identificou Cássio, vulgo Perigo, como o homem que disparou contra Fernanda e fugiu em uma bicicleta. O suspeito já tinha passagens por roubo e é foragido da Penitenciária Estadual de Piraquara. Não há informações sobre sua localização.

O crime

Logo após o crime, a Polícia Civil trabalhava com duas linhas de investigações sobre a execução de Fernanda: latrocínio e feminicídio. Desde o início, familiares da vítima apontavam Maicon como mandante do crime, já que a relação do casal era marcada por brigas, discussões e agressões. Durante a apuração do caso, as equipes tiveram acesso à áudios que o homem mandou para Fernanda. Nas mensagens, ele ameaça matá-la, inconformado com o fim do relacionamento.

“Eu não vou te perder, já falei. Se for preciso eu te dou um tiro na cara e um tiro na minha. Eu não fico com ninguém e nem você fica. Eu sem você não quero nada, não quero saber de nada. Minha filha eu sei que fica bem, fica com minha mãe, minha mãe vai cuidar bem dela. Já falei, não vai ficar comigo, não vai ficar com ninguém, tô nem aí, que se f***, tô nem aí. Não vou ver você com ninguém nunca na vida, não aceito isso”,

disse Maicon em um dos áudios para a ex-esposa.

No dia do crime, Maicon saiu com a filha do casal, uma adolescente de 13 anos. Depois disso, não foi mais visto pelos familiares de Fernanda e não compareceu ao enterro e ao velório da ex-esposa.